Subscreva a Nossa Newsletter.

Avisam-se os sócios que já podem preencher a subscrição de Newsletter de modo a actualizarmos a nossa base de dados.

Hino Sport

 

Um Novo Ano está aí para consolidar os êxitos de 2017

Da ginástica ao remo, do rugby à esgrima, mas também na vela e hipismo, o ano que passou traduziu-se em enormes sucessos para o Sport Club do Porto, tanto no plano nacional como internacional. Num ano em que a nossa oferta desportiva foi reforçada com o padel, bem como pelo Breathe Sport Fitness que veio mudar a forma como treinar na Invicta.

Na ginástica, a melhor escola da modalidade no país voltou a evidenciar a sua inequívoca supremacia. Filipa Martins, em representação de Portugal, chegou ao topo da Europa ao concluir na 8ª posição, ex-aequo com o 7º lugar, a sua participação na final All Around do Campeonato da Europa de Ginástica Artística Masculina e Feminina, que decorreu em Cluj-Napoca, na Roménia.

Num ano em que a melhor ginasta portuguesa recuperava da intervenção cirúrgica após os Jogos Olímpicos do Rio’2016, mesmo assim Filipa Martins concluiu no 18º lugar a final de All-Around do Campeonato do Mundo de Ginástica Artística Feminina Montreal 2017, na competição que reuniu a elite da ginástica mundial e em que o nosso clube também esteve representado na Ginástica Artística Masculina por Diogo Romero.

Já nas Universíadas, disputadas em Taipé, Filipa Martins foi 6ª na final do All Around de Ginástica Artística, enquanto os nossos atletas Inês Romero e Diogo Romero apenas disputaram a fase de qualificação com muitos bons desempenhos.

No plano interno, o Sport Club do Porto obteve 34 primeiros lugares, entre os quais 6 vitórias por equipas, entre muitos outros pódios, no Campeonato Nacional de Ginástica Artística Feminina e Masculina que decorreu no Pavilhão do Complexo Desportivo Municipal Casal Vistoso, em Lisboa.

A melhor escola de ginástica portuguesa impôs-se em toda a linha com triunfos categóricos por equipas femininas em Seniores Elite (Filipa Martins, Maria Miguel Ribeiro, Ana M Neves, Inês Romero e Leonor Feijó), Juniores (Carolina Almeida, Rafaela Ferreira, Joana Sá, Inês Lopes e Leonor Sousa), Juvenis (Ana Sofia Alexandrino, Leonor Barbosa, Lia Sobral e Mafalda Costa) e Iniciadas (Carolina Marques, Mafalda Pacheco, Maria Ramalho, Sara Teixeira e Leonor Soares), enquanto no setor masculino dominou em Juvenis (Miguel Freitas, João Araújo, Luís Matos, Hugo Médicis e Jacob Faulkner) e Iniciados (Miguel Correia, Gaspar Ribeiro, Vasco Pereira, Miguel A Lima e Tiago Reis).

Por sua vez, na Taça de Portugal de Ginástica Artística Feminina (GAF) e Masculina (GAM) o Sport dominou ao somar as conquistas da Taça de Portugal Absoluta (juniores e seniores femininos) e das Taças de Portugal Jovem (iniciadas e juvenis femininos e masculinos).

Na prova disputada no Complexo Municipal de Ginástica da Maia, com 120 ginastas em representação de 9 clubes, a Taça de Portugal Absoluta (juniores e seniores femininos) foi dominada pela equipa A do Sport, que totalizou 142,400 pontos.

Meninas no remo impõem-se à concorrência  

No remo, Joana Branco, Inês Oliveira, Francisco Santos e Diogo Coelho foram os nossos embaixadores com muito bons resultados no plano internacional.

Joana Branco, em representação de Portugal, terminou no 11º lugar na classificação geral no Silverskiff Endurance Regatta, em Torino, e em 17º lugar entre as 23 remadoras inscritas no 1x LW na 3ª Taça do Mundo de Lucerna 2017, na Suíça.

Na 1ª Taça do Mundo, em Belgrado, Joana Branco venceu a final B do LW1x, terminando a prova em 7º lugar, enquanto na Regata Internazionale Memorial Paolo d'Aloja, disputada no Lago de Piediluco, em Itália, a nossa remadora obteve o 4º lugar.

Nesta mesma prova, a jovem remadora Inês Oliveira concluiu na 6ª posição na prova de ‘single sculls’, enquanto no Campeonato da Europa Sub-23, disputado em Kruszwica, na Polónia, obteve o 9º lugar em BLW1x.

Já nos Mundiais sub 23 disputados na pista de Plovdiv, na Bulgária, Inês Oliveira obteve o 16º lugar em BLW1x, enquanto Diogo Coelho concluiu no 12º lugar integrando a tripulação BLM4x da representação nacional.

Também Francisco Santos obteve a Medalha de Bronze em Shell 4 na Coupe de la Jeunesse, integrando a representação nacional nesta prova de remo internacional para remadores menores de 18 anos e que este ano teve lugar na pista de Hazewinkel, na Bélgica.

No plano nacional, Joana Branco obteve a melhor classificação portuguesa na Head of The Cork 2017, em Avis, com a skill do Sport Remo a obter o 5º lugar. Num outro âmbito, Joana Branco e Tânia Saraiva / Eva Gonçalves, respetivamente em 1x Absolutos Femininos 2000m e 2x Absolutos Femininos 2000m, venceram a 12ª edição da Regata Internacional Litocar, em que os atletas do Sport subiram ao pódio por seis vezes. Nesta prova disputada na pista do Centro Náutico de Montemor-o-Velho e com a presença de mais de 700 atletas em representação de 23 clubes, Diogo Coelho em representação da seleção nacional obteve o 2º lugar em 2x Absolutos Masculinos 2000m, da mesma forma que Mariana Teixeira / Filipa Fragão conseguiram também a 2ª posição em 2x Juvenis Femininos 500m.

Também Eva Gonçalves e Tânia Saraiva, em 2x Seniores Femininos (FD) 2000m, bem como a tripulação formada por Inês Oliveira, Eva Gonçalves, Tânia Saraiva e Maria Pereira Rodrigues em 4x Seniores Femininos (FD) 2000m dominaram o Campeonato Nacional de Velocidade 2017, disputado no Centro Náutico de Montemor-o-Velho, em que o Sport conquistou 13 pódios. Na prova disputada no primeiro fim de semana de julho, registam-se ainda os segundos lugares obtidos por André Pereira / Diogo Coelho (2x Seniores Masculinos 2000m), Nuno Branco / Ricardo Silva (2x Juvenis Masculinos 1500m), Francisco Santos (1x juniores Masculinos 2000m), Luís Araújo / Allison Russo (2x Seniores Masculinos (FD) 2000m), Tito Pinto / Luís Aguiar / João Castro Santos / Bruno Cretu (4x Seniores Masculinos 2000m), Pedro Sousa da Costa / Pedro Carvalho / Guilherme Silva / Ronne Heijningen (4x Juniores Masculinos (FD) 2000m), Catarina Costa Vieira, na Final B (1x Seniores Femininos 2000m), Maria Pedroto, na Final B (1x Juvenis Femininos 1500m) e Sofia Pena, na final B (1x Iniciados Femininos 1000m). Com os terceiros lugares, há a registar os pódios alcançados por Mariana Teixeira / Filipa Fragão (2x Juvenis Femininos (FD) 1500m) e Nuno Branco / Ricardo Silva (2x Juvenis Masculinos 1500m).

A tripulação do Sport formada por Eva Gonçalves, Joana Branco, Maria Rodrigues e Tânia Saraiva também venceu a edição deste ano da regata Head of the Douro, na categoria de 4x Absolutos Femininos. Já a equipa do Sport formada por Eva Gonçalves, Joana Branco, Tânia Saraiva e Maria Pereira Rodrigues sagrou-se Campeã Nacional de Yole, seniores femininos, ao vencer o Campeonato Nacional de Yole, disputado em Alcântara, em Lisboa.

Também a tripulação do Sport formada por Joana Branco, Tânia Saraiva, Maria Rodrigues e Inês Oliveira venceu a prova ‘quadri scull’ do Campeonato Nacional de Fundo 2017, com as nossas tripulações a garantirem mais três pódios no conjunto das provas disputadas em Gondomar. Para além do triunfo em 4x Sén F, o Sport Remo também colocou tripulações nos pódios 4x Jún M ( 2º lugar para Pedro Costa, Guilherme Silva, Francisco Santos e Ronne Heijningen), 4x Sén M (3ª posição para Tito Pinto, João Santos, Luís Aguiar e Bruno Cretu) e 4x Juv M (3º lugar para Ricardo Silva, Hélder Paiva, Nuno Branco e João Carvalho).

Já a tripulação do Sport formada por Eva Gonçalves, Maria Rodrigues e Tânia Saraiva, conjuntamente com Carmen Machuca, do Real Clube Labradores, de Sevilha, obteve 2 pódios, 1º e 3º lugares, na IV Regata Internacional de Fundo – Centro de Mar, disputada na doca comercial Gil Eannes, em Viana do Castelo. Por sua vez, a tripulação mista do Sport juntamente com o Clube Fluvial Vilacondense venceu a prova feminina de ‘Qadri Scull’ na XXXVII Regata Miño Internacional, organizada pelo Club Remo do Miño, de Tuy. Na prova na distância de 6 km, Letícia Gonçalves, Rita Rodrigues e Tânia Saraiva, do Sport, com Janine Coelho, do Fluvial Vilacondense, superiorizaram-se à concorrência.

Na versão indoor, Joana Branco e Inês Oliveira dominaram os Campeonatos Nacionais de Remo Indoor 2017, no multiusos de Gondomar, Cidade Europeia do Desporto, ao garantirem o primeiro e segundo lugares, respetivamente, na prova Sénior L Femininos (2000m), numa competição em que o nosso clube também garantiu 6 pódios.

Vice-campeão nacional e domínio no Portugal Beach Rugby

No rugby, o Sport voltou a vencer pelo segundo ano consecutivo o circuito “Portugal Beach Rugby Series”, concluindo com 60 pontos o ranking final numa prova em que as comandadas do professor Nuno Gramaxo obtiveram três pódios no conjunto das três etapas efetuadas - 2º lugar no Figueira da Foz Beach Rugby, 1º lugar no Porto Beach Rugby Trophy e 1º lugar no St André Beach Rugby. No conjunto das três etapas, o professor Nuno Gramaxo fez alinhar as seguintes atletas: Andreia Sousa, Ângela Botelho, Ânia Santos, Catarina Ribeiro, Elsa Santos, Fabiana Ferreira, Francisca Serrão Mendes, Inês Leitão, Isabel Leite, Joana Silva, Maria Castro, Minga Correia, Sofia Rios e Sónia Capela.

Lá por fora, o Sport Rugby venceu a 2.ª etapa do Circuito Europeu de Beach Rugby, o North Sea Beach Rugby, ao bater na final a formação Als/Springboks, por 6-5. Na prova que decorreu na praia de Scheveningen, Haia, Holanda, o Sport teve como adversários as formações do HRC Xtreme, Bassets, Ovale Beach Rugby Marseille, Rugby Club Tilburg, Ushizi Warriors, West Saints e ALS/Springbok,

Numa época marcada pelo contributo das internacionais Daniela Correia e Catarina Ribeiro à seleção nacional que na cidade russa de Kazan garantiu o apuramento de Portugal para o WGPS 2018, há também a registar que o Sport foi vice-campeão nacional de Sevens feminino ao concluir na 2ª posição o Circuito Nacional de Sevens Feminino com as atletas Ana Rita Pinto, Ana Carvalho, Ângela Botelho, Ânia Santos, Catarina Ribeiro, Daniela Correia, Eduarda Brandão, Elsa Santos, Fabiana Ferreira, Francisca Serrão Mendes, Isabel Leite, Joana Silva, Renata Veiga, Sofia Rios e Sónia Capela, sob a liderança do treinador Henrique Rocha, da mesma forma que foi finalista vencido da Taça de Portugal disputada no Jamor.

Marta Caride lançada para Tóquio’2020

Na esgrima do Sport, entre tão bons atiradores, há um nome que desperta atenções. Chama-se Marta Caride e tem Tóquio’2020 por horizonte. Enquanto lá não chega, vai somando êxitos por cá e lá fora.

A floretista do Sport Esgrima conquistou em Paris a 10ª posição no Circuit National U17 Paris, foi 13ª posição da etapa de Budapeste de Florete Feminino Cadetes, entre 203 participantes, e classificou-se na 31ª posição na etapa de Manchester do Circuito Europeu de Cadetes. Na etapa de Modling, Áustria, do Circuito Europeu de Cadetes Marta Caride alcançou a 37.ª posição, enquanto nos Campeonatos do Mundo de Cadetes e Juniores, disputados na cidade de Plovdiv, na Bulgária, ficou pelo 73º lugar.

Não ficam por aqui os bons desempenhos de Mara Caride. Em Marselha, nos 14ºs Campeonatos do Mediterrâneo, foi 5ª na competição de Florete Feminino Cadetes. Na prestigiada Maratona de Paris obteve a 16ª posição entre 181 atletas no escalão sub17 (Cadetes), enquanto nos Campeonatos da Europa de Cadetes e Juniores, disputados na Bulgária, concluiu na 28ª posição entre 85 atletas na prova de Florete Feminino Cadetes.

Já o floretista José Miguel Guimarães conquistou em Madrid a medalha de prata na 1ª etapa do ‘ranking’ espanhol de Juniores, enquanto Gonçalo Camelo obteve a 47ª posição em Esslingen, na etapa alemã do Circuito europeu de Sub23, numa competição onde participaram 120 atletas representando 6 nações. Nos Campeonatos do Mundo de Cadetes e Juniores, disputados na cidade de Plovdiv, na Bulgária, Gonçalo Camelo concluiu na 109º posição na prova de Florete Juniores.

No plano interno, Marta Caride sagrou-se pelo segundo ano consecutivo Campeã Nacional de Florete Feminino Cadetes, nos Campeonatos Nacionais de Cadetes 2017, onde a equipa do Sport, formada por Marta Caride, Patrícia Oliveira e Giselle Grota, acabaria também por obter o bronze coletivamente. Caride repartiu com Sofia Gouveia, do Sport, o bronze (ex-aequo) em florete feminino no Campeonato Nacional de Florete – Seniores.

No Open Viana U17, em florete, que decorreu em Viana do Castelo paralelamente ao Circuito Europeu de U14, Marta Caride e Jorge Costa, do Sport e em representação da seleção nacional, obtiveram a medalha de ouro e prata, respetivamente. Coletivamente, o Sport sagrou-se Campeão Nacional Júnior por equipas, em florete masculinos, com a equipa formada por Bernardo Laires, Gonçalo Camelo, José Miguel Guimarães e João Paulo Lopes. Nesta prova que decorreu na Brandoa, há também a registar título de Vice Campeã Nacional para Marta Caride, bem como o ‘bronze’ para Bernardo Laires e José Miguel Guimarães.

Carolina Campos sobressai na vela

Na vela, Carolina Campos obteve o 52º lugar no Campeonato Europeu de Optimist 2017, sendo a única velejadora portuguesa que integrou o 'Grupo Ouro', na prova disputada em Bourgas, Bulgária. Esta jovem velejadora também subiu ao pódio no EDP-XII Campeonato de Portugal de Juvenis, ao garantir o 3º lugar na classificação feminina e o 18º lugar na geral no conjunto das 9 regatas, na prova que reuniu os 120 melhores velejadores da Classe Optimist e disputada em Sesimbra sob organização da Federação Portuguesa de Vela.

Já a tripulação do Sport formada por Marta Leite e André Mendes venceu a classe Snipe do Troféu Herbulot 2017 organizado pelo nosso clube, numa Prova de Apuramento Nacional para a classe Vaurien e que também foi aberta a Snipe, 420, Laser Radial e Laser 4.7.

No hipismo, Sofia Laranjeira, venceu na categoria de iniciados o Campeonato Nacional da Juventude, numa prova em que os jovens cavaleiros do nosso clube garantiram 3 pódios. Na prova disputada na Sociedade Hípica Portuguesa, ao Campo Grande, em Lisboa, Sofia Laranjeira, com Fly da Granja, conquistou a medalha de ouro, com um jump-off limpo. Por sua vez, Ana Luísa Rodrigues e Babi conquistaram o bronze entre 14 conjuntos. Já Carolina Laranjeira, com Oitava, obteve a prata em Juvenis.

Na Taça de Portugal da Juventude – Saltos de Obstáculos, no escalão de Iniciados, e disputada no Hipódromo Municipal Manuel Possolo, em Cascais, a vitória pertenceu a Sofia Laranjeira com Fly Da Granja, enquanto a sua irmã, Carolina Laranjeira, com Briosa De Riba- Ul, também foi ao pódio na prova para Pré-Juvenis.

Estes são os principais êxitos desportivos, num clube também habituado a vencer para além do campo desportivo. Na madrugada de 4 para 5 de fevereiro ocorreu um forte temporal, que destruiu parte significativa dos nossos pavilhões desportivos no Parque da Cidade. Mas a Vila Desportiva, o mais relevante projeto desportivo da cidade do Porto e da Região, não para e muitos campeões, nomeadamente na ginástica, serão aqui forjados.